terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Trágico e lindo selo

***
Discordei do Boaventura na Carta Capital. Adianta questionar a existência do Estado de Israel a essa altura? Humildemente, acho que não, embora considere que justo, justo mesmo, ele só seria se tivesse sido criado com o Estado da Palestina, coisa que os políticos do mundo não tiveram e não têm colhão para. E vamos ficando nesse eterno fingimento de que nos chocamos com a carnificina, com a insensibilidade de Israel, com o sofrimento dos palestinos... Tudo palhaçada. Ninguém tá nem aí de verdade, tanto que cada um dá um pitaco mais absurdo que o outro.

***
E o papo de Israel sobre antissemitismo, hein? Que saco! Será que eles não se mancam de que essa ficou velha? Ouvi hoje na CBN um israelense de embaixada ou algo semelhante afirmando que os protestos mundo afora contra a carnificina em Gaza são manifestações antissemitas. Ah, vai catar coquinho, bobão. Encheu até o meu saco, e olha que minha reverência pelo padecimento dos judeus e toda a sua carga histórica -- e a de outros povos menos midiatizados também, ainda à espera da mídia -- é ilimitada! Mas a um imbecil desses só posso dizer: vai catar coquinho!

2 comentários:

Sunny disse...

Hoje até a Cora embarca nessa! Tive vontade de convidá-la para um almoço no Cedro do Libano, lá na Saara. Pelo amor de deus, nós somos da geração pós-holocausto, não dá para ficar repetindo que ser contra a violação de direitos humanos dos palestinos é ser antissemita ou nazista.

mari disse...

tem que fazer como o fisk: agora ele processa qualquer um que o xingue de antissemita quando faz as acusações dele a israel!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...