sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Surpresa na excrescência

A excrescência chamada Bi*g Br$ther Brasil ainda existe, sabiam? Deve ser o último país do mundo a apresentar esse cocô. O mundo inteiro partiu pra outra, pra "novidades" que já estão até velhas, embora sejam igualmente imbecis -- Survivor, The Amazing Race, Brazil's Next Top Model etc. etc. ; deve haver umas 655 modalidades de reality show no ar, porque não falta babão pra participar nem babão pra assistir. A baba noutro dia mesmo escorreu em mim, porque me peguei vendo um reality na cozinha de um restaurante, com um chef famoso lá pras negas deles espinafrando sem dó um bando de wannabes sem colhão pra reagir.

Mas resolvi falar disso não pelo Bi*g Br$ther em si, que xingo há anos, nem mesmo pelos milhares de energúmenos que PAGAM -- sim, gastam tutu, money, l'argent -- pra ver aquilo 24 horas no pay per view (no ano passado, por sinal, as vendas foram baixíssimas, bem-feito!). Quero que se explodam, caguei.

O que me deixou boquiaberta, aparvalhada mesmo foi saber dias atrás, pela coluna da Patricia Kogut, no cretino, que estava assim de gente pedindo... tarãããã... para ver a decoração da casa!!!

Vocês acreditam nisso? A "casa" estava sendo mantida fechada, sob sigilo absoluto, para que seja uma surpresa! Só entravam lá uns babões da Grobo que ganham milhões para produzir, escrever e dirigir a cultura de pagódi enfiada por essa emissora nojenta goela abaixo dos brasileiros aculturados (me dobro de rir quando ouço alguém dizer que a Grobo faz programas "de qualidade", tipo Maysa, Machado, Verissimo. Isso é um insulto à qualidade).

Como pode alguém ter interesse, meu deus do céu, na "decoração da casa" do Bi*g Br$ther? Onde vai parar esse país?

Daí que parei de ler a Kogut por divulgar essas notas idiotizantes, que agravam a idiotia geral. Não dá mais pra aturar aquela coluna, nem mesmo aquela página de TV, que não é de TV, é da Grobo e da Grobosat. A TV paga fora da Grobosat inexiste. Os programas recomendados são todos -- TODOS -- lixo fedido de canais idiotizados como G*NT, Multi$how e outras baixarias das Organizações Grobo.

Tchau!

4 comentários:

Ruy disse...

O mínimo que se espera de qualquer entrevistador é que seja objetivo, sucinto e complete as perguntas.

Até por educação, o repórter também deve ouvir as respostas do entrevistado e esperar que ele acabe de falar, antes de fazer outra pergunta.

Parece que o Jô Soares fez escola.

Outra coisa (li duas vezes e não consegui descobrir): qual foi o gancho dessa "entrevista"? Ficou tudo solto, parecendo mais um papo sem ddireção.

Com tanta coisa impotante acontecendo no país e no mundo não se fez uma pauta prévia, que conduzisse a conclusões importantes?

Tremendo desperdício.

Ruy disse...

Mari:

Errei. Este comentário era para o post aí de cima.

Sunny disse...

depois do seu post fiquei curiosa, o que teria a casa do Big Brother de diferente? Nuca vi e odeio reality show.
Pois não é que a Revista da TV do PiGGrobo botou um cineminha de fotos? Como assinante vc pode abrir e matar a curiosidade. NUNCA VI NADA MAIS CAFONA, Cruz credo! E tem gente que paga para ver?

mari disse...

É simplesmente inacreditável, né? Inacreditável!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...