segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Vota aí, gente!

Fiz uma nova enquete para saber se os meus 10 leitores acham que Barack Obama consegue levar essa eleição. Estou com os nervos em pandarecos. Ontem custei a dormir, hoje não consegui comer. Fico na Fox News o tempo todo, o coração apertado, vendo as mentiras se sucedendo, os golpes baixos se avolumando, uma tortura. Mas a CNN Internacional passa pouca coisa da eleição americana, demonstrando um desconhecimento brutal sobre o interesse do espectador mundo afora pela eleição nos Estados Unidos.

Para terem uma idéia de como é a Fox News, dêem uma olhada nessa "entrevista" de Megyn Kelly com Bill Burton, porta-voz da campanha do Obama -- que parou de dar entrevista a eles no ano passado de tanta desinformação proposital. Mesmo quem não entende inglês vai ver a grosseria no trato com o rapaz, que nem é tão bom para enfrentar esses cães de guarda do conservadorismo.



As pesquisas nacionais dão Obama na frente, no Colégio Eleitoral ele tem uma dianteira enorme, mas os números não deslancham assim uns 15 pontos de frente, e isso é angustiante.

Os republicanos estão mal, notícia ruim atrás de notícia ruim, das pesquisas à condenação, hoje, de um senador do Alasca por corrupção em todos os itens da acusação. Ele é republicano e, não podia ser pior, do Alasca! Sarah Palin, a vice pitbull de McCain, não podia estar mais sem graça e sob ataques de todo lado.
O melhor artigo do dia é do site Politico.com: a campanha é toda sobre Obama. Palin e McCain só falam dele, a Fox News só fala dele – e ele só fala dele mesmo! Ainda bem! “Ele está ditando a pauta e dominando a cobertura da imprensa enquanto McCain luta para reagir. “McCain está sem sorte”, lamentou um antigo seguidor de Bush, continua o texto do Político.com. “No domingo, o colunista do New York Times Frank Rich – que não gosta abertamente de McCain – declarou que a triunfante viagem de Obama ao Oriente Médio e à Europa revelou-o praticamente como presidente em exercício”.

Concordo inteiramente. Aquela viagem foi um tento, um feito de marketing que certamente abriu os olhos dos americanos. Dali pra frente, McCain só correu atrás do prejuízo.

9 comentários:

Bruno disse...

Votei na opção "não leva por roubo". Algumas pesquisas dão margem de vitória muito pequena para o Obama. Aliás, ainda não entendi como alguns institutos dão a ele vantagem de dois pontos e outros de 15.

mari disse...

Bruno! Bem-vindo!

Pois é, esse é o grande debate no meu site favorito de pesquisa, o fivethirtyeight.com

Vai lá, é uma cachaça!

bruno disse...

Por acaso, voltei porque tinha que comentar esse vídeo. Que mulherzinha cara-de-pau... Interrompeu o entrevistado o tempo inteiro e depois disse que ele a estava interrompendo. Belo exemplo de cobertura "fair and balanced". :)
Vou passar lá no link que mandou!

mari disse...

essa mulher é um terror (megyn não sei o quê)! pior que ela, só o sean hannity, que tem um distúrbio mental grave, lamento dizer. por falar nisso, vi no gawker.com que há vários estudos sobre o porquê de os americanos votarem nos republicanos.

Bruno disse...

Ainda aqui. Você postou sobre a falta de interesse dos seus 10 leitores... Já notou que o blog da Folha Online, com um portal por trás, tem menos comentários que este aqui? E muitos são seus.

Tô vendo agora a tal propaganda de 30 minutos... http://gawker.com/5070749/where-did-the-obama-ad-touch-you

mari disse...

Pô, eu botei aqui no blog 10 minutos dp de acabar, sniff... bastava clicar pra ver grande no youtube...

Bruno disse...

Ah, é que está na barra lateral, e me liguei na área dos posts... Não vai comentar não?

mari disse...

ah, tá! vou comentar então no título...

bruno disse...

hehe! Não dá pra dizer mais nada além disso, né?
Tô indo. O blog tá ótimo. Inté!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...