terça-feira, 21 de outubro de 2008

É dose!

Vou acabar seguindo o conselho da Vera. Muito difícil essa eleição pra mim. Muito mesmo very much indeed...

***

Deu no JB

Gabeira participa de encontro no clube militar

Eloisa Leandro, JB Online

RIO - O candidato à prefeitura do Rio, Fernado Gabeira (PV) participou na noite desta segunda-feira no clube militar com o presidente, general do exército Gilberto Figueiredo e com o segundo vice-presidente Altero Volotão. Gabeira classificou o encontro como uma visita de cortesia, já que não teve caráter político.

O candidato, que chegou cinco minutos antes do previsto, disse que os militares tem os ideais iguais aos dele e citou dois: trabalhar pela sociedade e contra a corrupção e desvio de dinheiro público.

- - Os militares têm os mesmos ideais que eu. Primeiro trabalhar pela sociedade e o segundo de lutar contra a corrupção e o desvio de verba pública – disse Gabeira.

O candidato disse que o exército foi reciclado e que os militares mudaram a postura da época da ditadura. Gabeira disse naquela época ele não imaginava em uma conversa amigável com os militares. Nenhum plano de governo foi discutido durante o encontro, de acordo com Gabeira, que voltou a falar sobre os panfletos apócrifos. Ele disse vai continuar aguardando a Polícia Federal e que acredita na Justiça Eleitoral.

6 comentários:

Vera Silva disse...

Há algum tempo atrás eu escrevi que currículo é história. Hoje quero acrescentar que as ações devem combinar com as palavras.
Portanto, as ações de um político devem ser lidas ao longo de sua história como comprovantes de sua palavra: se coerentes com a evolução do político e com suas palavras, ele tem crédito, se não, são falsas.
No conjunto das ações e palavras de uma pessoa estão suas idéias. Não pode haver discrepância.
Tenho votado assim ao longo da minha vida. Só me decepcionei 2 vezes: com o voto no Cristóvam para senador e com o voto na Maninha para deputada federal.
Sempre haverá vícios ocultos, mas uso este indicador para filtrar o máximo possível as sujeiras ocultas. Tem dado certo.
Lembro-me sempre do que Paulo Freire disse sobre o voto: "Votar é delegar...a realização de um sonho possível.." (citado de memória)

mari disse...

Vera, isso tudo é muito bonito quando do outro lado não está Eduardo Paes, entende? Até porque Gabeira uniu palavras e atos a vida toda. Eu tava brincando, mulher, tô querendo é provocar! Não voto nulo em nenhuma hipótese! Tenho 62 anos e já sei votar, viu? :-))) Nem que o Gabeira peça a bênção a FHC eu não voto nulo. Só estou mostrando que um cara sério pode fazer besteira. Precisava pedir a bênção a milico? Ridículo. Mas prefiro ele a Paes -- que vence se Gabeira não conseguir novos votos e não mantiver os do primeiro turno.

Truda disse...

A última vez que levei o Leonardo para assistir ao desfile de 7 de setembro na Presidente Vargas, um grupo de soldados, calças moleton verde-musgo e camisetas de malha branca, marchava cantando:

O pelotão do Araguaia
Matou e derrotou
O inimigo do Brasil

mari disse...

Num intchindji...

Robert Lopes disse...

O Gabeira pediu benção a D. Eugenio. Uma vela a Deus e outra ao Diabo.

mari disse...

Isso foi realmente incrível.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...