sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Boiados!

Ruy disse...

Oi, Mari!
Votar em Gabeira no primeiro turno foi mais do que útil. Foi imprescindível. Evitou que o fracionamendo da esquerda acabasse por beneficiar o conservadorismo e a mesmice.

Por que, então, não votar em Gabeira no segundo turno? Ele perdeu as qualidades que tinha? Ou foi o Paes que passou a apresentar posições progressistas até agora ocultas? Juntar Jandira/Crivella/Lupi/Molon em torno de Eduardo Paes não vai torná-lo melhor ou pior que Gabeira. Vai só mostrar que a base de Lula está unida em torno de Sergio Cabral e Picciani.

Isso é bom para o Rio, como cidade? Tenho minhas dúvidas. Também não acho que essa junção de tendências tão diferentes fortaleça Eduardo Paes: carioca elege pessoas; não, partidos.

***

Mari disse...

Concordo! Vou votar de novo no Gabeira, até para mostrar alguma coerência.

***

Truda disse...

Achei que o voto útil era para evitar o Crivella no segundo turno. E a Globo soube fazer a campanha do voto útil de modo tão inteligente que conseguiu colocar seus dois candidatos para fortalecer duas grandes frentes de batalha: Eduardo Paes contra a Igreja Universal e Gabeira contra o PT em 2010.

***

Vera disse...

Sou brasiliense por adoção e não tenho mais conhecimento do que rola no Rio. Por isso queria uma explicação: se as eleições daí são resultado da manipulação da Globo, matar o mal pela raiz me parece mais lógico. E neste caso, anular o voto mataria a manipulação. Votar em qualquer um dos dois, alavancaria o projeto global do mesmo jeito que está acontecendo em São Paulo, onde há greve de policiais e ningúem noticia nada. Há greve de bancários e ninguém noticia nada. Expliquem-me, pois não estou entendendo nada.

***

Mari disse...

Primeiro que, com todo o respeito, acho ridícula essa análise [do Truda]. Fora 82, essa foi a MAIOR derrota da história das organizações tabajara!!! Tomou uma tunda horrorosa!!! Apostou tudo no Eduardo Paes para o primeiro turno!!!! O eleitor de esquerda se uniu, apesar dos ridículos partidos "de esquerda" que temos aqui, e detonou o crivela! Matamos nossos candidatos, mas tiramos o demo! Entendemos muito mais de política do que as ridículas lideranças "de esquerda"!

"Derrubar o PT"... Faça-me o favor! O PT daqui precisa da Globo para ser derrubado? Pajalsta!!! Infelizmente, a tese é mais danosa do que ridícula, porque ganhou um apoiador, que prega voto nulo. Gabeira contra o PT em 2010? Isso é tão bobo que só mesmo vindo do autor do comentário, que vive gozando todo mundo. :-)))

Não quero ter a última palavra, escrevam, vocês 10 que sabem deste blog!!

18 comentários:

Truda disse...

O que não sai na Globo não existe, Vera. A greve dos policiais em São Paulo só virou notícia graças à pancadaria promovida pelo Serra.

A Globo apoiou o Eduardo Paes sim, mas agora mudou de lado e é Gabeira desde 1965. É só ver o Globo Online, o noticiário positivo dá de dez a zero em favor do Gabeira. Tanto um quanto outro tem exatamente as mesmas condições de governar o Rio de Janeiro. Gabeira, por mais honesto que seja, estará nas mãos do Cesar Maia, que fez barba, cabelo e bigode na Câmara de vereadores. Terá que fazer concessões se quiser governar. Paes também comerá na mão do ex-padrinho, só não é tão honesto assim. Isso não é exatamente pregar o voto nulo mas acho que um ou outro, tanto faz.

O PT no Rio já está no chão mesmo, de modo que nem pode ser derrubado. Mas me ocorre agora que não devemos esquecer Lindberg Farias, candidato fortíssimo para governador. Se hoje o Rio está dividido entre Gabeira e Paes, eleger o Lindinho não será tão difícil assim. Lembremos que em 2002, sem contar a Zona Oeste, Benedita venceu d. Rosinha na Guanabara. E quem quer um perigo desses? A Globo não porque Lindberg oferecerá um ótimo palanque ao candidato de Lula, principalmente na Baixada e Grande Rio.

mari disse...

quanto absurdo... to cansada demais, contesto amanhã.

Ruy disse...

Veterano e correto coleguinha, Walcy Joannou, ex-Tribuna da Imprensa (o grande Truda conhece), enviou artigo de Martha Medeiros, publicado no Zero Hora, de Porto Alegre, em 8 de outubro. Muito bom, o texto. Embora extenso. Respondi:

Walcy:

Para votar no Gabeira, não precisaremos tapar o nariz e escolher o menos ruim, como tivemos de fazer em tantas eleições.

Se ele vencer, não ficaremos preocupados com enriquecimentos repentinos, indignados com as aquisições inexplicáveis.

Com a vitória dele, teremos finalmente, à frente da Prefeitura, alguém que se revolta com a patifaria; um cara que é avesso a conchavos e a loteamento de cargos.

Se o Gabeira ganhar, será como se cada um de nós, que jamais se candidatou a cargo eletivo e tem nojo de políticos corruptos, ganhasse também.

Ruy.

Truda disse...

Mari, aquele texto saiu meio borrachón. Bem faz você que não escreve com sono. Mas não quer dizer que torço contra o Gabeira. Como não pretendia votar em nenhum dos dois, estou tendendo a votar em branco e desejar o melhor para o Rio. Dei uma olhada nos vereadores eleitos. Contando com os oito do Cesar Maia, Gabeira tem uma bancada de quinze. Tomara que consiga governar.

Ruy, o Walcy é um amigo dos mais queridos que você apresentou.

marel disse...

pois só agora estou me recuperando!!! :-))) sem forças para contestar. essa eleição tá mesmo broxante!

Anônimo disse...

O marel aí de cima sou eu, com a iidentidade do Marco. O Google é um saco. Mari

mari disse...

mas que coisa...

Monica disse...

Como é que eu vou te xingar, "Tia Mari"? De jeito nenhum. Mamãe me passou o endereço do blog e eu já entrei votando - Gabeira na cabeça, nos turnos 1 e 2. Como estou aqui em pleno domingo enlouquecida compilando dados da eleição do 1o turno, ao longo da semana dou uns pitacos sobre a nossa emocionante eleição. Você já deve ter sacado quem é, né?

Anônimo disse...

Mas é claro que saquei, sobrinha querida! Aliás, nada é mais importante no momento do que números acurados, hein? Temos um perfeito empate técnico, e resta saber quem tem chance de crescer... beijão! mari (marco bagunçou minha identidade aqui...)

José Truda Júnior disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Truda disse...

Eu pouco assisto à televisão. Mas num domingo chuvoso como este, tv é uma das pouquíssimas alternativas à internet e a gente acaba vítima dos programas eleitorais. Há pouco, passaram os filmes do Gabeira e do Paes. No primeiro, Fernanda Torres garantia que Gabeira é uma das maiores contribuições que o Rio de Janeiro deu na luta e derrubada das forças do atraso e da corrupção ... No segundo, Noca da Portela e outros negros e pardos cantavam a delícia de ser suburbano.

Sei não, mas botar artistas e outros engomadinhos contando suas vantagens não vai acrescentar um único voto ao Gabeira. Já os pretos e pardos do Paes podem tirar-lhe muitos.

Anônimo disse...

Atenção, o "autor" aí não é o do blog não, viu? mari

Anônimo disse...

li não sei onde que quanto mais famosa a pessoa menos diferença faz seu apoio a um candidato (li isso num comentário sobre o endosso do Colin Powell ao Obama). Acho que só agrega prestígio mesmo. (mari)

Truda disse...

Fui eu, autor do comentário. Estava errado. Que eu tenha visto, só o do blogger respeita o comentarista permitindo que corrija o que escreveu!

Anônimo disse...

É verdade! Acho esse recurso do cacete!

mari

Truda disse...

Mari, ainda há pouco, na televisão, Gabeira disse que fez apenas três promessas: não sujar a cidade; ser transparente; não agredir adversários apesar das cotoveladas que tem recebido no 2º turno.

A primeira é fácil de cumprir. Gabeira não precisou gastar nada com impressão de folhetos já que sua propaganda foi toda impressa em forma de matérias nas páginas dos jornais;

A segunda, como não podia deixar de ser, é jogo de cena, impossível de cumprir sem efeitos especiais. Sua imagem aparece em todos os programas;

A terceira ele descumpre neste mesmo programa, ao insinuar que Paes é um cotovelador.

Estou tentando arranjar argumentos para convencer-me a não votar em branco e apertar o número do Gabeira no domingo. Mas ele ajuda muito pouco. Para quê eu vou querer votar num candidato que durante a campanha fez apenas três promessas, como ele mesmo disse? E ainda mais promessas como essas?

Anônimo disse...

Concordo com você, grande Truda. Esse filme, repetido à exaustão, não condiz com o desenrolar da campanha de Fernando Gabeira. Nesta última semana vale esforço adicional, com novas peças, para atingir eleitores como você que, por honestidade ou aguçado senso crítico, ainda estão indecisos.

Em seus pronunciamentos e debates, ele acenou com a necessidade de se tornar o Rio um centro de referência ao combate à dengue, aproveitar a mão de obra dos moradores de rua, incrementar a segurança pública mediante modificações na atuação da Guarda Municipal (inclusive tornando-a estatutária para ter poder de polícia), acabar com a aprovação automática nas escolas, aprimorar o magistério municipal e, claro, o ensino (tirando-o da fase da revolução industrial).

Quando um candidato afirma que determinada cidade precisa disso ou daquilo, indiretamente está dizendo que vai atender a essa(s) necessidade(s). E o Gabeira destacou várias necessidades do Rio, todas urgentes. Ou seja, está prometendo dar-lhes a merecida prioridade. Ou não?

Ruy disse...

Rsse anônimo aí de cima sou eu. Ruy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...