quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

O princípio da não indiferença

Bonita a entrevista do chanceler Amorim sobre o Haiti (acabo de ver ao vivo na Globonews). Engajado, emocionado, mesmo parecendo desinformado como, em última análise, está o mundo, sem comunicação: celulares e internet funcionam às vezes, de modo intermitente, descontínuo. Ele reafirmou a permanência do Brasil no país para ajudar ativamente no que puder.

Marco logo definiu: é o princípio da não indiferença, que a diplomacia brasileira aplica atualmente. Legal, né?

4 comentários:

mari disse...

morro de saudade do hífen em não-indiferença. caiu também, nao caiu?

Sunny disse...

Me redimo do comentário aí de cima, e assino embaixo de tudo que vc escreveu. Não tinha lido ainda.Pardon!

marel disse...

Ué, mas seu comentário foi perfeito! Naquelas condições, 2,5 dólares é uma fortuna!

mari disse...

ai, marel é o marco, mas quem comentou fui eu, mari

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...