sábado, 18 de setembro de 2010

Marx explica

* O guru indiano do Seu Zé foi defenestrado. Por conta da genialidade dele, o site do Seu Zé passou 15 dias com um pedido de envio de depoimento do eleitor em vídeo. Sim, um pedido de envio de depoimento, nada além. Agora, o site voltou a ser um site. Mas, inacreditável!, neste sábado 18, às 20h06, a notícia mais recente é do dia 16! 

Enquanto isso, Dilma valsa na rede. O site dela já tem o comício desta manhã em Campinas, o encontro de hoje com o Del Toro, a pesquisa ibope e até mesmo o desmentido do Ministério da Saúde quanto ao pagamento de propina pela compra do tamiflu -- a última descarga da abominável revista dos esgotos.

Assim num dá, Seu Zé.

* O Biscoito Fino faz excelente análise das majoritárias em 10 estados, especialmente para o Senado, e recomenda que o eleitor fluminense tape o nariz e engula o crivela.

Ai, que dor... faço (quase) tudo pelo Lula, pelo PT, pela Dilma, mas não voto nesse beato não. Eu, hein?!, pro cara chegar lá e votar contra tudo o que se refira a aborto, homoafetivos e células-troco? Nem vem.

* Tomara que a nova descarga da abominável revista dos esgotos não tenha como consequência um clima de golpe como o que rolou na metade desta semana que termina. Não foi mole não.

* O Tijolaço reproduz interessante gráfico das pesquisas. O texto -- O “X” das pesquisas Datafolha -- está aqui.




* Chuva de textos bons na rede. Aqui, o Emir Sader. Aqui, o Gilson Caroni. Aqui, o Nassif (paciência com a lentidão, o Nassif anda assim). Aqui, o Luciano Siqueira -- e aqui, o clássico que ele cita, O 18 Brumário de Louis Bonaparte, obra mais conhecida por uma das frases geniais de Marx -- "Hegel observa em uma de suas obras que os fatos e personagens de grande importância na história do mundo ocorrem, por assim dizer, duas vezes. E esqueceu-se de acrescentar: a primeira vez como tragédia, a segunda como farsa”. Mas o texto contém muito mais: nada menos que as bases teóricas do marxismo, da luta de classes à ditadura do proletariado. O grande achado do livrinho é mostrar que em todas as revoluções o proletariado tenta aperfeiçoar o Estado burguês, em vez de destruí-lo. Como esse livro está entranhado nas minhas conexões neurais mesmo tendo eu esquecido quase tudo, na maioria das vezes entendo o governo Lula -- meus amigos ficam P da vida comigo, eu mesma fico, comigo e com o Lula! Mas as contradições expostas há 160 anos por Marx, para mim o maior gênio da humanidade, continuam aí. E continuarão enquanto houver luta de classes. Dou um doce a quem me provar que ela acabou MESMO.

3 comentários:

Truda disse...

O tolete dessa semana foi bom para mostrar que sempre, sempre se deve fazer exatamente o contrário do que eles pedem. Erenice caiu por nada. Mas vamos esperar que a Dilma a devolva junto com o Dirceu e o Palocci. Não que eu morra de amores por qualquer dos três, mas só para fazer a canahla engolir os sapos.

Cintia Branco disse...

Mari,
Aproveitei e fui lá ver as análises do "O Biscoito fino e a Massa", como MT não figura no texto, olhei o RS, e fiquei pasma, o que o povo quer com Ana Amélia Lemos e Germano Rigotto??? Tô passada!
Esse negócio de coligação acaba com a gente, por aqui terei que votar no 15 para governador e no 22 para um dos senadores, vou votar de olhos fechados, aí que raiva.
Beijos e bom domingo

mari disse...

Cintia, no MT a coisa tá feia: Blairo Maggi, o Rei do Desmatamento, surfa com 75%; depois vem o odioso tucano Antero Paes de Barros com 35%. O Abicalil do PT tem 24%, oTaques do PDT, 15%. Adorava a frieza do Abicalil na época do mensalão e da CPI do fim do mundo, mas soube que ele deu uma rasteira na Serys, que eu a-do-ro!

Tá feia mesmo a coisa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...