terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Não perca Inception (A origem)!

Saíram os indicados ao Globo de Ouro, premiação menos engessada do que o Oscar. Vou torcer como doida por Inception, que no Brasil ganhou o título ridículo de A origem (???). Vi no sábado (não, não baixei, ganhei na Sky trocando pontos). Nossa, amei de paixão. É o Blade Runner (Ridley Scott, 1982) deste século, mesma inventividade, mesmas imagens oníricas, narrativas em camadas, dúvidas... -- até no simbolismo dos pequenos objetos (calma, não vou contar, não quero estragar seu prazer que, garanto, vai ser imenso). Vi três vezes seguidas, de tão instigante.

Os atores (Leonardo DiCaprio, Ellen Page, Marion Cotillard, Joseph Gordon-Levitt, Ken Watanabe, Cillian Murphy, Tom Hardy, Dileep Rao, Tom Berenger, Michael Caine) estão excelentes, mas nenhum concorre. Estou cada vez mais fã do DiCaprio, ele virou um ator!

Já percebo uma certa euforia, até torcida mesmo, dessa porcaria de imprensa que nós temos (e também na mídia estrangeira, para ser justa) em relação a um tal A rede social, historinha da criação do Facebook -- aquela prisão de segurança máxima em meio à liberdade da internet, como bem apontou o Tim Berners-Lee, inventor da web, que bem sabe o que diz.

Eis os concorrentes (vou baixar todos, menos Rede social. Quando chegar à TV eu vejo o mulambinho):


Filme - Drama
Cisne Negro (Black Swan)
O Vencedor (The Fighter) (o título em português entrega o filme???)
A Origem (Inception)
O Discurso do Rei (The King's Speech)
A Rede Social (The Social Network)

Diretor
Darren Aronofsky (Cisne Negro)
David Fincher (A Rede Social)
Tom Hooper (O Discurso do Rei)
Christopher Nolan (A Origem)
David O. Russell (O Vencedor)

Concorre ainda a Roteiro (Christopher Nolan) e Trilha Original (Hans Zimmer). Aqui, um capítulo à parte! Quando perguntei ao Marco se o filme era bom ele disse que sim e me alertou pra prestar atenção à trilha sonora. Valeu a pena. A música original (score, ressalta o Marco) é espetáculo em si mesma. Hoje esse cabeça-de-gugol me mandou ver o vídeo abaixo. Minha nossa, que criatura genial o Zimmer, veterano de 100 trilhas! Aula de como se pode ser ultracriativo em cima de algo ultraconhecido mundialmente (e ele contou isso abertamente, porque plágio, vocês verão, não é!). Divirtam-se muito. E não percam o filme!

 

(trailer aqui.)

2 comentários:

Cintia Branco disse...

Mari,

Que saudades de você!
Boa dica, fiquei com a ilha do medo, também com o DiCaprio, mas não tive tempo de assistir e marido acabou devolvendo a locadora sem que assistíssemos, uma pena, parecia ser bom, agora nas férias, vou me fazer assistindo tudo o que tenho direito.
Quero achar um lugar legal para baixar os filmes, esse negócio de ter que cadastras o número de celular para ter acesso ao download não dá certo.
Nem minhas séries, nas quais sou viciada, não estou assistindo as novas temporadas, só tenho trabalhado. Esse negócio de ser funcionária do Lula, acaba comigo, e há quem diga que servidor público não trabalha, kkk, até parece.
Beijos

mari disse...

Uau, que saudade também!!! Baixe do Pirate Bay, não tem que cadastrar coisa alguma.

Mas tem uns macetes... será q já escrevi sobre isso? Vou procurar!

Tô aqui vibrando com a notícia do Padilha na Saúde!!!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...