quinta-feira, 12 de março de 2009

Nada mais a fazer

Um filho desolado é dor que não desejo a ninguém. Desolação provocada pelo seguinte trecho de um "editorial" desse pasquim de baixeza indescritível:
O escândalo [???] das extrapolações da Operação Satiagraha -- algumas, ainda desconhecidas, reveladas [???] pela revista Veja -- marca a confirmação [???] da existência de um projeto de estado policial [???] em execução na PF, na Abin -- sob a direção de Paulo Lacerda --, com ramificações no Judiciário e no Ministério Público.

A comprovação [???] da montagem de um braço clandestino de espionagem reforça a importância do Poder Judiciário e do Ministério Público no papel de coibir excessos do Executivo.

Não fossem a decisão do presidente [???] do Supremo, Gilmar Mendes, com apoio da Corte [???], de barrar o grupo de Protógenes, e a atuação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na vigilância [???] do juiz De Sanctis -- a conexão jurídica da operação messiânica e inconstitucional do delegado --, mais estragos poderiam ter sido causados pela arapongagem autônoma.

A prorrogação da CPI dos Grampos por mais 60 dias, aprovada ontem, é essencial para que não apenas seja mapeada toda essa operação clandestina, mas se formulem medidas legais a fim de cauterizar na origem toda tentativa futura de se manipular [sic] recursos jurídicos e esseciais a serviço do arbítrio -- não importa por que motivos.
Pode? Não. E não posso continuar dando meu dinheiro sofrido a um pasquim que liderou a ditadura, descaradamente não se autonominou quando tratou do apoio civil aos militares, corre a ouvir a igreja em qualquer questão e, mais udenista do que nunca, lidera o PIG. Isso não é jornal, é panfleto de extrema-direita, e eu não estou aqui para sustentar cocô de fascista. Vão cagar em outro bolso.

4 comentários:

Robert Lopes disse...

É toda organização Grobo. No Bom Dia Brasil de ontem a a urubóloga Miriam Leitão estava numa alegria incontida só faltou plantar bananeira na frente da câmera porque ficar de pé e se balançar ela fez. E no Jornal Nacional, o Gilmar Dantas (ops! Mendes) pediu um controle externo da PF pelo poder judiciário. E um tucano, não me lembro o nome e em qual dos jornais pediu que seja criado um gabinete de crise. É dose!

mari disse...

É sim, é insuportável! Tô criando coragem pra ligar e suportar aquelas vozes enjoadas de telemarketing.

Sunny disse...

Quem se lembra que foi o governo FH que anunciou a PF como um novo FBI? Agora aguenta.
Qto ao bosta, Mari, tá indo direto pra caixa dos gatos. Concordo, pagar para ler besteira e prestigiar gente que não sabe escrever aterrissar, é demais! Depois conto essa história, pois agora ela já deve ter aprendido pq só torce para que a economia aterrisse de vez, de preferência por culpa da tripulação.
Diz pro Marquinho ler jornal estrangeiro. Tem mais informação, é de graça na internet e aida dá para praticar o idioma.

mari disse...

Ele lê direto, vários. Mas uma hora vai ao banheiro, que é lugar de bosta, passa os olhos pela bosta e acaba arrasado. Ô corja...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...