sábado, 18 de abril de 2009

A propósito do Jackson Lago...

..., eis o que recebi sobre aquele estranho feudo ao norte do país:

* Para nascer, Maternidade Marly Sarney;

* Para morar, escolha uma das vilas: Sarney, Sarney Filho, Kiola Sarney ou Roseana Sarney;

* Para estudar, as escolas Sarney Neto, Roseana Sarney, Fernando Sarney, Marly Sarney e José Sarney;

* Para pesquisar, apanhe um táxi no Posto de Saúde Marly Sarney e vá à Biblioteca José Sarney, que fica na maior universidade particular do Maranhão, que o povo jura que pertence a um tal de José Sarney;

* Para inteirar-se das notícias, leia o jornal O Estado do Maranhão, ou ligue a TV Mirante ou, se preferir ouvir rádio, sintonize Mirante AM e FM, todas do tal José Sarney. Se estiver no interior, uma 35 emissoras de rádio ou 13 repetidoras da TV Mirante, todas do mesmo proprietário;

* Para saber sobre as contas públicas, vá ao Tribunal de Contas Roseana Murad Sarney (recém-batizado com esse nome, coisa proibida pela Constituição, que no Maranhão não tem nenhum valor);

* Para entrar ou sair da cidade, atravesse a Ponte José Sarney, pegue a Avenida José Sarney, vá à Rodoviária Kiola Sarney. Lá, se quiser, pegue um ônibus caindo aos pedaços, ande algumas horas pelas 'maravilhosas' rodovias maranhenses e aporte no município José Sarney.

* Quer reclamar? Vá ao Fórum José Sarney, procure a Sala de Imprensa Marly Sarney, informe-se e dirija-se à Sala de Defensoria Pública Kiola Sarney...

4 comentários:

Sunny disse...

Tá pior que na Bahia onde tudo é Luis Eduardo Magalhães ou Antonio Carlos Magalhães, ambos falecidos.

mari disse...

pelo menos são falecidos. no maranhão só a kyola morreu, né? ou a marly tb?

Sunny disse...

Acho q foi so a Kyola.

mari disse...

to matando a marly, coitadinha... :-(

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...